O novo iOS 6 estará disponível para os desenvolvedores em beta a partir de hoje. Para o restante dos usuários o update será liberado em meados de outubro com suporte para iPhone 3GS e superior, a partir da segunda geração do iPad e para a 4ª geração do iPod Touch.

Siri

A assistente de voz Siri ganhou 200 novas características, segundo a Apple, como novos idiomas italiano, taiwanês, cantonês, mandarim, coreano e espanhol (o português, novamente ficou de fora) e a disponibilidade para usuários do novo iPad.  A Apple também destacou a adição da função Eyes Free para Siri. Com ela o motorista poderá acionar a assistente sem a necessidade de pegar o celular, deixando as mãos livres para a direção. A ferramenta estará presente no aplicativo em até 12 meses e será adicionada aos veículos em formato de botão.

Redes sociais

A integração com o Facebook também ganhou destaque no iOS 6. Assim como já ocorre com o Twitter desde o iOS 5, a rede social também será agregada ao novo sistema trazendo funções como compartilhamento, localização e funções para publicar um novo post sem a necessidade de abrir o aplicativo.

Foto 

A ferramenta Photo Stream também ganhou funções de rede social. Agora um usuário pode selecionar fotos, escolher seus contatos e compartilhar as imagens em um álbum que pode ser comentado pelos amigos.

Facetime

A Apple também anunciou a unificação do número do celular com o Apple ID. Assim, se uma pessoa telefonar para seu celular pelo Facetime, o usuário poderá responder pelo iPad ou Mac, por exemplo. O mesmo ocorrerá no iMessage.  Além disso, a empresa confirmou o uso do serviço Facetime por meio da conexão 3G. Até então o programa só poderia ser utilizado em redes Wi-Fi.

Safari

O navegador Safari também ganhou novos recursos: abas para o iCloud e uma lista para leitura offline de páginas da web. Se estiver em modo paisagem, agora será possível navegar em tela cheia.

Passbook

O iOS 6 também ganhou uma ferramenta que organiza tickets e ingressos. Bilhetes de embarque aéreo, cartões de presente, tudo fica armazenado no programa Passbook. Com a geolocalização ele poderá informar se você possui um cartão quando estiver perto de uma loja da Starbucks, por exemplo. Dados do embarque serão atualizados caso o portão de embarque mude, por exemplo.

Mapas

O sistema também ganhou um novo serviço de mapas, abandonando de vez o Google Maps. O mapa terá um novo serviço de tráfego, navegação ponto a ponto, integração com a Siri (para checar onde há posto de gasolina próximo, por exemplo) e a ferramenta Flyover, que traz mapas em 3D com imagens em terceira dimensão de grandes cidades do mundo.

 

Fonte