Android puro

O maior atrativo do Nexus S não é o hardware, é o software. Ele traz o Android puro, do jeito do Google.  O software não vem com nenhuma alteração feita por operadoras de celular e nem com aplicativos que não servem pra nada. E é o primeiro aparelho com Android 2.3.

Isso é importante. O Google atualiza o software com freqüência, Mas quem compra aparelhos de operadoras pode não conseguir atualizar o aparelho, já que a operadora é a intermediária. O Android 2.2, por exemplo, trouxe o recurso de vídeos em Flash no navegador. Mas até hoje muitos aparelhos não têm acesso à essa função porque as operadoras não liberaram a atualização. Esse problema não existe se o aparelho for do Google.

No caso do Android 2.3, as novidades são poucas. Entre as novidades dessa versão estão um tema de cores escuras, agrupamento de histórico de chamadas (chamadas para um mesmo contato aparecem juntas), uma página que lista downloads e uma página que mostra consumo de memória e bateria. A bateria aliás, é boa. É capaz de durar um dia inteiro, até dois, sem recarga. Quando se quer um símbolo ou número, o teclado agora funciona como no iPhone. Quando se pressiona uma tecla por alguns segundos, surge um menu com variações com acentos.

A tela de 4 polegadas é nítida e tem bom nível de brilho. A parte externa do aparelho é de plástico, o que a deixa mais vulnerável a arranhões do que o iPhone 4.  Na parte de trás há um flash de LED, mas a qualidade da câmera é apenas média e ela não grava vídeos em alta definição. A câmera frontal de baixa resolução é feita para videoconferências.

 

via: iG Tecnologia