O iPhone 4, lançado recentemente pela Apple, conta com dispositivos de memória da Samsung Electronics, Micron Technology e STMicroelectronics, de acordo com a análise de um modelo do aparelho, conduzida pela empresa de tecnologia iFixit.

A nova versão do iPhone, que vem recebendo críticas positivas, começará a ser comercializado na quinta-feira (24) em cinco das maiores economias mundiais – com exceção da China e seu protegido setor de telecomunicações.

A Apple informou ter vendido 600 mil unidades do iPhone 4 no primeiro dia de pré-vendas na semana passada, o que resultou em queda dos sistemas de pedidos e pressionou os estoques da operadora de telefonia móvel AT&T.

A iFixit, uma das chamadas empresas de desmontagem contratadas para fornecer dados e informações sobre concorrentes, diz ter obtido um dos aparelhos por meio de um funcionário do Vale do Silício, que o recebeu pelo correio dois dias antes do lançamento oficial.

Samsung e Micron forneceram chips de memória flash, de acordo com a desmontagem realizada em San Luis Obispo, na Califórnia. A STMicro, maior fabricante europeia de semicondutores, oferece os dispositivos utilizados para determinar a posição do aparelho, informou a iFixit à Reuters.

Outros fornecedores incluem a veterana parceira da Apple Cirrus Logic e a especialista em chips para celulares Skyworks Solutions. A Numonyx fornecia chips para os modelos anteriores do iPhone, mas foi adquirida pela Micron por US$ 1,27 bilhão este ano.

Na opinião de Kyle Wiens, da iFixit, não há espaço desperdiçado no iPhone 4. “É muito compacto,” disse. “Em termos de design interno, eles recomeçaram do zero.”

Fonte:  G1